LE MANI SULLA CITTÀ (1963, Francesco Rosi)



Democracia em obras.
Num minucioso registo neo-realista, LE MANI SULLA CITTÀ (AS MÃOS SOBRE A CIDADE, vencedor do Leão de Ouro, em 1963, no Festival de Veneza) imprime vivacidade aos contornos burocráticos do promíscuo e corrupto tráfico de influências entre política e o grande capital na Europa do pós-Segunda Guerra Mundial, levando-nos a reconhecer que este contexto sócio-político, temporalmente falando, não nos é inteiramente desconhecido. A sua subtil conclusão moral — com tanto de catártico como de revoltante — reveste-se de visualização quase obrigatória para eleitores e candidatos.

Democracy in the works.
In its thorough neorealist portrait,
LE MANI SULLA CITTÀ (a.k.a. HANDS OVER THE CITY, winner of the Venice Golden Lion in 1963) pulls a lot of liveliness to the bureaucratic aspects of the promiscuous and corrupt influence peddling between politics and financial interests in the post-World War II, making easy to acknowledge that this socio-political background is neither dated nor unfamiliar. The film's subtle moral conclusion (cathartic and outrageous in equal share) is of almost compulsory viewing for voters and candidates alike.



  • . Ficha Técnica / Credits:
Realização / Directed byFrancesco Rosi
Produção / Produced byLionello Santi
Argumento / Written byEnzo Forcella, Raffaele La Capria, Enzo Provenzale, Francesco Rosi
Fotografia / Cinematography byGianni Di Venanzo
Música / Music by Piero Piccioni
Elenco / CastRod Steiger (Edoardo Nottola), Salvo Randone (Professor De Angelis), Guido Alberti (Maglione), Marcello Cannavale (Amigo de Nottola), Dante Di Pinto (Presidente da Comissão de Inquérito / President of Inquiry Committee), Carlo Fermariello (De Vita)
Ano / Year of release1963
País / CountryFrança | Itália / France | Italy

Comentários

  1. Excelente resumo crítico deste filme, tão certeiro.

    Cumprimentos cinéfilos :*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário