WHIPLASH (2014, Damien Chazelle)



Rhythm and blood.
Pérola mais recente do cinema independente norte-americano, o style over substance de WHIPLASH (a.k.a. WHIPLASH — NOS LIMITES) impera numa narrativa sobre disciplina e perseverança que, sem veladas lições de moral, não desvia a atenção da paixão sensorial aqui encenada. P.S.: Oscar para J.K. Simmons já.



  • . Ficha Técnica / Credits:
    • Realização e ArgumentoDamien Chazelle
      ProduçãoJason Blum, Helen Estabrook, David Lancaster, Michel Litvak
      FotografiaSharone Meir
      MúsicaJustin Hurwitz
      ElencoMiles Teller (Andrew), J.K. Simmons (Fletcher), Paul Reiser (Jim Neimann), Melissa Benoist (Nicole)
      Ano2014
      PaísEUA

    Comentários

    1. Já, por favor! :D
      Óptima crítica, como sempre.

      Cumprimentos cinéfilos :*

      ResponderEliminar
    2. Concordo com o Simmons ter vencido o Oscar, mas o Teller deveria ter sido pelo menos nomeado.
      "Whiplash - Nos Limites" é um filme que me agradou bastante e recomendo que o vejam e a realização, o argumento e o elenco desta película cativaram-me.
      "Whiplash - Nos Limites" demonstra que para sermos os melhores em algo que amamos temos de nos esforçar, temos de nos pressionar e temos de ir ao limite e é bem representado no filme.
      4*
      Está convidado(a) a ler a análise completa em: http://osfilmesdefredericodaniel.blogspot.pt/2015/03/whiplash-nos-limites.html
      Cumprimentos, Frederico Daniel.

      ResponderEliminar

    Publicar um comentário